EMERJ

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro

ícone da bandeira que traduz para o idioma Espanhol ícone da bandeira que traduz para o idioma Francês ícone da bandeira que traduz para o idioma Inglês ícone da bandeira que traduz para o idioma Português

FALE CONOSCO

Magistrados

Eventos

Cursos Abertos

Publicações

Portal do Aluno

Concursos EMERJ

EMERJ Virtual

Núcleos de Pesquisa

Fale Conosco fale conosco

Presidente do STF, ministro Luiz Fux será um dos videoconferencistas do novo curso para magistrados

O Departamento de Aperfeiçoamento de Magistrados (DEAMA) da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) está com vagas abertas para seu novo curso de aperfeiçoamento: Justiça 4.0. As aulas serão ministradas do dia 7 de fevereiro a 23 de março, com 40 horas de carga horária, no modelo virtual, via plataforma Moodle.

O curso, que terá tutoria do juiz Anderson de Paiva Gabriel, mestre em Direito Processual pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), e coordenação conjunta com o juiz Fabio Ribeiro Porto, mestre em Direito pela UERJ, está com as inscrições abertas até o dia 3 de fevereiro ou até o preenchimento total das vagas, 40 ao todo. Terá, ainda, encontros síncronos nos dias 11 e 18 de fevereiro, e 7 e 14 de março, das 10h30 às 12h.

 

Objetivo

 

Com os magistrados do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) como público-alvo, o curso será ofertado pela necessidade de modernização tecnológica do Poder Judiciário, sendo endossadas as ideias de processo judicial eletrônico, julgamentos virtuais e uso de redes sociais para comunicação processual, bem como aplicação de inteligência artificial na elaboração de relatórios e identificação de processos repetitivos.

 

Corpo docente

 

Compõem a lista de videoconferencistas do curso o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Luiz Fux, doutor em Direito Processual Civil pela UERJ; o secretário-geral do CNJ Valter Shuenquener, doutor em Direito Público pela UERJ; o secretário especial de programas do CNJ, Marcus Livio Gomes, doutor em Direito Tributário pela Universidad Complutense de Madrid (Espanha); o juiz do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) Adriano da Silva Araújo, especialista em Direito Constitucional pela Universidade Anhanguera; o juiz do TJRJ Anderson de Paiva Gabriel; a juíza federal do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) Caroline Somesom Tauk, mestra em Direito pela UERJ; o juiz do trabalho do Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região Dorotheo Barbosa Neto; o juiz do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) Esdras Silva Pinto, especialista em Poder Judiciário com ênfase em Direito Processual Civil pela AVM Faculdade Integrada; o juiz de Direito do TJRJ Fabio Ribeiro Porto; a juíza federal do TRF2 Isabel Rossi Cortes Ferrari, mestra em Direito Público pela UERJ; o juiz federal do TRF1 João Moreira Pessoa de Azambuja, especialista em Ordem Jurídica e Ministério Público pela Fundação Escola Superior do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios; e o juiz federal do TRF1 Rafael Leite Paulo, especialista em Direito Público pela Universidade Potiguar (UNP).

 

Justiça 4.0

 

Criado este ano, os Núcleos de Justiça 4.0 são juízos 100% digitais, com competência para processar e julgar as matérias de propriedade industrial, direitos autorais e nome comercial. Dentre as ações que fazem parte do Justiça 4.0, estão a implementação do Balcão Virtual e o projeto da Plataforma Digital do Poder Judiciário (PDPJ), com possibilidade de ampliar o grau de automação do processo judicial eletrônico e o uso de Inteligência Artificial.

 

Para mais informações, acesse: https://www.cnj.jus.br/tecnologia-da-informacao-e-comunicacao/justica-4-0/

 

Programação do curso

 

No curso, os magistrados terão quatro módulos de ensino sobre “Tecnologia e Direito”; “Justiça Digital”; “Processo e tecnologia”; e Inteligência artificial e o futuro da Justiça”.

Para mais informações e inscrição, acesse: https://emerj.com.br/site/curso/9/18

 

22 de dezembro de 2021

 

Departamento de Comunicação Institucional (DECOM)