EMERJ

Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro

ícone da bandeira que traduz para o idioma Espanhol ícone da bandeira que traduz para o idioma Francês ícone da bandeira que traduz para o idioma Inglês ícone da bandeira que traduz para o idioma Português

FALE CONOSCO

Magistrados

Eventos

Cursos Abertos

Publicações

Portal do Aluno

Concursos EMERJ

EMERJ Virtual

Núcleos de Pesquisa

Fale Conosco fale conosco

História da Justiça Itinerante será contada através de exposição de fotos

A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ), em parceria com o Museu da Justiça do Estado do Rio de Janeiro, promoverá nos dias 18 a 20 de maio, das 11h às 17h, uma exposição de fotografias sobre o trabalho da Justiça Itinerante no Rio de Janeiro.

Fotografias

A exposição contará, por meio de fotos, a história e como são feitos os atendimentos à população pelo programa que já atendeu mais de 1,3 milhão de pessoas desde a sua criação. As fotos mostram a Justiça agindo para devolver a dignidade às pessoas que, em muitos casos, sequer tinham o registro do próprio nome, não existiam para a sociedade.

A desembargadora Cristina Tereza Gaulia foi a idealizadora do Justiça Itinerante e coordenadora por 16 anos. Em 2003, a então juíza do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) decidiu dar utilidade para os dois ônibus recebidos pelo Tribunal que, até então, estavam sem função.

Preocupada com a função social do Poder Judiciário e em proporcionar o maior acesso possível à Justiça de toda a sociedade, principalmente por aqueles em situação de exclusão, Cristina Gaulia criou o Justiça Itinerante do TJRJ, oficializado com a Resolução TJRJ nº 10/2004, publicada em 25 de junho de 2004.

Endereço

A entrada será franca para a exposição, que será na sala 305 da sede do Museu, na Rua Dom Manuel, nº 29, no centro do Rio de Janeiro.

Justiça Itinerante

Criado em 2004, o programa tem como objetivo levar juízes e membros do Ministério Público e da Defensoria Pública ao encontro dos cidadãos que têm dificuldades de acesso à Justiça e às plataformas digitais para solucionar as pendências. Os postos de atendimento da Justiça Itinerante atendem, com calendário regular, a municípios emancipados, sem comarca instalada; municípios com comarcas, porém com grande densidade demográfica; municípios com grande extensão territorial; e comunidades pacificadas na cidade do Rio de Janeiro.

A Justiça Itinerante busca, ainda, encontrar soluções conciliadas como fórmula de pacificação social eficiente; a regulamentação documental dos cidadãos; a integração dos juízes às comunidades, o que promove a mudança de relacionamento entre a sociedade civil e o Poder Judiciário; e a modernização da prestação jurisdicional.

Para mais informações sobre a Justiça Itinerante, acesse os links: http://www.tjrj.jus.br/web/guest/institucional/projetosespeciais/justicaitinerante  e  https://defensoria.rj.def.br/Cidadao/Programas-e-Servicos/detalhes/2882-Justica-Itinerante

 

12 de maio de 2022

Departamento de Comunicação Institucional (DECOM)